Em Santos

Santos, da vila à cidade do agito e dos negócios

A cidade, uma das primeiras vilas fundadas no País, hoje recebe milhares de turistas anualmente, oferecendo opções de lazer, cultura e grandes oportunidades de negócios.

Santos, da vila à cidade do agito e dos negóciosLocalizada na Ilha de São Vicente e considerada a maior cidade do litoral paulista, Santos tem como seu principal cartão postal os 7 km de praia ornados com o maior jardim de praia do mundo, de acordo com o Livro dos Recordes. Todo o jardim é permeado por amendoeiras e palmeiras, plantas que recebem os cuidados de preservação do departamento de meio ambiente, em parceria com algumas instituições de ensino da região, para permanecerem lindas o ano todo.

Os mais de com 419 mil habitantes da cidade, de acordo com o último Censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, podem se orgulhar de fazer parte da 16ª cidade mais rica do país, com PIB (Produto Interno Bruto) superior a 24 bilhões de reais.

Em 2000, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento relacionou o município em terceiro lugar na Lista dos municípios de São Paulo por índice de desenvolvimento humano, e colocou a cidade na sexta posição na Lista dos municípios brasileiros por índice de desenvolvimento humano. Como uma das cidades mais antigas do país, Santos destaca-se historicamente, e apesar de preservar grande parte de sua história através de seus monumentos, museus e construções, o município acompanhou a evolução dos tempos e o crescimento econômico e social do País, despontando como uma área cosmopolita, de turismo intenso, cultural, esportiva, portuária e ecológica.

Além de abrigar o maior porto da América Latina, responsável pela economia da região, assim como as atividades de pesca, comércio e turismo, a cidade santista é reconhecida historicamente por ser uma das primeiras vilas a serem fundadas no país após a colonização pelos portugueses no século 16.

Durante muitos anos, a economia da cidade era centrada na produção e no comércio do café, sendo esta a principal fonte de riqueza do país. A Bolsa Oficial do Café, inaugurada em 1922 e situada no bairro Centro, é um dos pontos turísticos mais importantes e visitados por moradores e turistas, mas por décadas foi o principal palco de negociação do mercado cafeeiro. Este antigo centro de comercialização cafeeira deu origem ao atual Museu do Café, recinto ornamentado com obras do artista Benedito Calixto, e onde acontecem exposições sobre a trajetória do produto pelo território brasileiro.

Atualmente, a cidade é uma grande atração para turistas, que buscam as diversas opções de lazer, além da praia. Quem visita a região encontra restaurantes, bares, universidades, hotéis, motéis, baladas, escolas, shopping centers, teatros, cinemas, comércio geral, lojas de carros, lojas de aluguel de carros, estabelecimentos de aluguel de roupas, sex shop, escritórios, consultórios, hospitais, grandes clínicas, prestadores de serviços, como escolas de inglês, academias, desentupidoras, entre muitos outros estabelecimentos.

Na área de turismo, as principais atrações ficam por conta do Jardim Botânico Chico Mendes, do Aquário Municipal, Casa da Frontaria Azulejada, Pinacoteca Benedito Calixto, Estação do Valongo, do Panteão dos Andradas, do Monte Serrat, Orquidário Municipal, Instituto Histórico e Geográfico de Santos, Laje de Santos, Teatro Coliseu Santista, Centro Cultural Patrícia Galvão e de igrejas como a Igreja Santo Antônio do Embaré, Igreja Anglicana, Igreja do Valongo e da tradicional Catedral de Santos. Entre as opções de museus estão o Museu De Vaney, Museu do Café Brasileiro, Museu de Arte Sacra de Santos, Museu da Pesca, Memorial das Conquistas (time do Santos), Museu do Porto, Museu Oceanográfico e Museu do Mar.

Cabe lembrar que a região tem sido motivo de grande destaque em razão da descoberta do pré-sal, trazendo muitas empresas para a Baixada Santista, como a Petrobras e outras companhias do setor industrial, bem como muitas oportunidades de geração de negócios. Por isto, o município está se expandindo no ramo de imóveis e de imobiliárias, que procuram atender à demanda dos moradores e de pessoas que migram para cá. As construtoras também investem na região, edificando prédios de luxo que se espalham por todos os bairros, deixando a cidade ainda mais bonita e moderna. Mas não se pode esquecer também dos prédios tortos na orla da praia, que já foram apresentados até mesmo em grandes telejornais brasileiros.

raimundus' test